Twitter na sala de aula e na vida

É muito comum ouvirmos alguém citar o Twitter em nosso dia-a-dia. Por exemplo, programas de televisão que usam votação pelo Twitter, jornais que trazem notícias de última hora, notícias que falam sobre a quantidade de seguidores de tal fulano e expressões como "vou xingar muito no Twitter".

Mas por que o Twitter está tão presente nos diferentes meios e modos de comunicação?

Não há uma resposta única para essa questão, mas posso afirmar algumas coisas que talvez você ainda não se deu conta que nos ajudam a entender a forte presença do Twitter nos dia de hoje.

O Twitter atualmente possui mais de 500 milhões de usuários, ou seja, mesmo que você não tenha sua conta no Twitter, milhões de pessoas estão lá tuítando neste exato momento.

É uma rede social baseada em posts pequenos, ou melhor, tuítes (tweets): você pode publicar imagens, vídeos e textos, mas estes textos podem ter até 140 caracteres. Ou seja, posts pequenos, notícias, frases, tudo muito fácil de ser publicado e replicado para milhares de pessoas (mas atenção, colocar algo no Twitter não significa que outros usuários vão olhar ou ainda replicar).

Umas das principais características do Twitter é o seu caráter efêmero e imediato: o que está mais acessível para ser lido é o que está sendo colocado neste exato momento, assim, mesmo sendo possível você encontrar o que já publicado lá, quando você abre o Twitter, você lê o que está fresquinho. Por isso, por exemplo, o Twitter é uma rede social muito usada para acompanhar eventos.

Mas o que o Twitter tem a ver com educação?

Tudo! Buscar entender como esta rede social funciona (não só em sua parte técnica, mas também em sua parte de relacionamentos) é buscar refletir também sobre como nos relacionamos com o mundo. E, quando damos aula, um dos nossos objetivos é aumentar as oportunidades do aluno de atuar socialmente.

Há muitas estratégias e atividades de sala de aula que podem fazer uso do Twitter para engajar os alunos nos conteúdos específicos, enquanto eles conhecem o funcionamento da rede e desenvolvem habilidades importantes para a educação do século XXI.

O vídeo a seguir traz um exemplo de como trabalhar literatura, especificamente a obra Dom Casmurro, de Machado de Assis, utilizando o Twitter (ela descreve a atividade no minuto 13 do vídeo):

-> Caso você queira aprender um pouco mais sobre o Twitter e inspirar-se para atividades para sua sala de aula, a Mupi (da qual faço parte) oferece um mini-curso online gratuito sobre como usar o Twitter na sala de aula. Clique aqui para conhecer.

-> A imagem que utilizei é um meme que ficou muito famoso com a frase "Vou xingar muito no Twitter". Para saber a história dele, clique aqui no Museu dos Memes.

Paula Furtado

Paula Furtado

Pesquisadora em Linguística Aplicada e Tecnologia pela Unicamp, professora e co-fundadora da Mupi: transitando entre campos tão diferentes, quero contribuir trazendo pontos e reflexões comuns

Campinas · http://mupi.me

comments powered by Disqus