Jogo da Acessibilidade Digital

Acessibilidade digital é um assunto importante e que deve ser sempre levado em consideração em qualquer discussão sobre conteúdos digitais por motivos óbvios: ser acessível significa ser “utilizável” por qualquer pessoa, independentemente de suas necessidades.

No entanto, não é o que vemos por aí, quer dizer, não é o que vemos por aí quando consideramos que há diferenças entre as pessoas (e aqui é outra discussão). Por lei, não é uma exigência que tudo seja acessível, apenas o que é referente a órgãos e entidades (legislação sobre acessibilidade), mas, pesquisando, vi que há uma movimentação sobre boas práticas na área de web desenvolvimento que pode caminhar (um dia!) para a obrigatoriedade de tal.

Um ponto que achei interessante foi uma área do Governo Eletrônico que trata sobre acessibilidade de forma informativa, didática e lúdica =) Não consigo avaliar tecnicamente se é bom ou não pois não tenho conhecimento suficiente pra isso, mas consigo apontar itens que gostei:

  • Há disponível em Creative Commons um jogo de tabuleiro (para impressão - julguem aqui como quiserem, pois vou me abster) chamado Jogo da Acessibilidade Digital, em que cada casa traz uma lição sobre como construir um portal acessível Tabuleiro do jogo

  • Há um material de apoio (em PDFs) que contém tutoriais (por exemplo, explicando o uso de textos alternativos - “alt” na web), dicas e análise de ferramentas de acessibilidade (por exemplo, leitores de telas) - inclusive aqui tenho interesse em pesquisar esses textos, caso alguém aventure-se numa parceria :D!

  • Há um trabalho acadêmico na área de acessibilidade - informática na educação de título Ambientes virtuais acessíveis sob a perspectiva de usuários com limitação visual. Nesse assunto, acho que conseguimos encontrar inúmeras outras pesquisas dispersas pelo mundo da internet. Sugiro até os autores solicitarem a inserção nessa página do governo.

E bem, para quem quer saber um pouco mais sobre o assunto ou quer indicar para algum web designer que conhece, sugiro ainda dois links:

  • Uma apresentação de boas práticas de acessibilidade disponibilizado pelo pessoal do Tableless

  • Um curso do Google (gratuito, mas somente em inglês) sobre acessibilidade na web =)

Paula Furtado

Paula Furtado

Pesquisadora em Linguística Aplicada e Tecnologia pela Unicamp, professora e co-fundadora da Mupi: transitando entre campos tão diferentes, quero contribuir trazendo pontos e reflexões comuns

Campinas · http://mupi.me

comments powered by Disqus