Como fazer um podcast?

Podcast nada mais é do que qualquer arquivo de áudio. Em sala de aula, o recurso do podcast pode ser utilizado de diversas maneiras: rádios temáticos, narrativas, debates, enfim!

Para facilitar tecnicamente, venho com uma sugestão sobre como gravar um podcast e disponibilizá-lo na internet. Tenho certeza que os alunos ficam muito engajados em produzir áudios de própria autoria. A combinação que proponho de ferramentas é a seguinte:

  • Audacity: uma ferramenta de edição digital de áudio disponível para muitos sistemas operacionais. Gosto dele por ser software livre, fácil de usar (quanto mais conhecimento em edição de áudio melhor, no entanto, qualquer pessoa consegue usar de maneira bastante eficaz) e resulta em áudios de qualidade :). Fiz um guia inicial que vem no fim do post para ajudar nas primeiras vezes!

  • SoudCloud: uma plataforma online e gratuita de publicação de áudio. Nela, basta criar uma conta para poder compartilhar, promover e distribuir composições. É bem fácil de usar, com seu login, basta fazer o upload do arquivo de áudio e pronto! A partir daí, você pode compartilhar o link do áudio específico ou da pasta (álbum) com mais de um arquivo.

Assim, você utiliza o audacity para produzir podcasts e o SoundCloud para disponibilizar online. Segue abaixo um guia de primeiros passos para usar o Audacity:

Como gravar sua própria voz no Audacity?

Para gravar sua voz no Audacity, você precisa apenas de um microfone que tenha entrada no computador. Quanto melhor a qualidade do microfone, melhor a qualidade do áudio, no entanto não é necessário possuir um microfone profissional, podendo ser utilizado inclusive aqueles já embutidos em notebook.

1 - Primeiramente, verifique se o microfone está corretamente selecionado conforme a imagem a seguir (lembre-se que a maioria dos computadores possui um microfone embutido, assim, quando você conecta um microfone externo, você terá mais uma opção):

Opção de microfone

2 - Dependendo de qual tipo for seu microfone, selecione a opção 1 (Mono) ou 2 (Estério), no campo ao lado de onde você selecionou o microfone. Geralmente os microfones são mono.

3 - Pronto! Agora você pode gravar o que pretende. Para isso, basta clicar no botão Gravar conforme a imagem a seguir (uma sugestão é ter seu roteiro do que será gravado):

Botão de gravação

4 - Após o término de sua gravação, clique no botão Parar e salve seu áudio como projeto do Audacity (de extensão .aup) antes de iniciar a edição (para não correr o risco de perder sua gravação). Assim, clique no menu Ficheiro (ou File), selecione a opção Guardar projeto, escolha o local de seu computador onde ficará esse projeto. Lembre-se, este arquivo .aup só pode ser aberto pelo próprio Audacity pois ainda é um projeto.
Antes de salvar como arquivo de áudio, é necessário editar seu projeto de gravação. Aqui vão algumas dicas de edição:

a. Remover o ruído:
É possível remover ruídos externos da gravação. Para isso, selecione um trecho que não contenha voz gravada e apenas ruído:

Selecionando ruído

Vá ao menu Efeitos e selecione Remoção de ruído. Na janela que abrir, clique em Obter perfil de ruído. Depois, volte à linha de áudio e a selecione inteira (um atalho para isso é ctrl + a). Abra novamente a janela de Remoção de ruído e clique apenas em OK. Você verá que todo ruído é removido do áudio.

b. Aparar as pontas:
Para remover algum trecho, basta selecionar e apertar a tecla delete.

c. Diminuir a quantidade de “respirações” do locutor:
Você pode remover as “respirações” que ficam entre os trechos gravados que são as tomadas de fôlego do locutor. Para isso, vá ao trecho em que há esta respiração, clique na lupa que fica na barra de edição e selcione apenas o trecho em que está este ruído. Agora, basta deletar.

removendo ruídos maiores

5 - Após editar seu projeto, transforme-o em um arquivo de áudio. Clique em Ficheiro, selecione Export… e uma pequena janela abrirá. Dê um nome ao arquivo e selecione sua extensão (sugiro .mp3).

Paula Furtado

Paula Furtado

Pesquisadora em Linguística Aplicada e Tecnologia pela Unicamp, professora e co-fundadora da Mupi: transitando entre campos tão diferentes, quero contribuir trazendo pontos e reflexões comuns

Campinas · http://mupi.me

comments powered by Disqus